Trabalhadores de minas da Vale paralisam atividades nesta terça-feira - FDV

Agora ->

Vídeos

23/02/2016

Trabalhadores de minas da Vale paralisam atividades nesta terça-feira

Trabalhadores que atuam em minas da Vale fazem uma paralisação nesta terça-feira (23). O protesto é para garantir o pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) referente ao ano de 2015.
Conforme o Sindicato Metabase, a ato atinge ao menos nove unidades da empresa nas cidades de Nova Lima, na Grande BH, e em Itabirito, região Central de Minas. "A empresa mandou um recado pro sindicato avisando que não vai haver pagamento da PLR no dia 1º de março. A gente vai ficar parado, por tempo indeterminado, até eles resolverem isso", advertiu o presidente Sebastião Alves de Oliveira.

Os trabalhadores estão nas portarias dessas unidades, colocando os colegas a par da situação e convidando para adesão ao movimento. O comando de greve está concentrado na unidade Vargem Grande, às margens da BR-356, em Nova Lima. 
Esta seria a primeira vez, em cerca de 20 anos, que o benefício é negado aos colaboradores. Ainda segundo o Metabase, a Vale já teria feito uma convocação para reunião na próxima segunda-feira (29).
Vale
Por meio de nota, a Vale informou que o pagamento da PLR não é devido, conforme acordo firmado com os sindicatos e empregados. Leia:
A Vale esclarece que desde o início da manhã desta terça-feira (23/2) está ocorrendo o bloqueio de portarias de diversas unidades operacionais da empresa, localizadas nos municípios de Nova Lima e Itabirito. Os bloqueios vêm sendo organizados e mantidos pelo Sindicato Metabase BH, em razão da divulgação do resultado da Participação de Lucros e Resultados (PLR) referente a 2015. A Vale, desde o início dos movimentos, vem mantendo negociação com o sindicato para a liberação das portarias. Os referidos bloqueios impedem a entrada e saída de empregados.
De acordo com os critérios fixados no Acordo de PLR, seu pagamento não é devido. Cabe ressaltar que esses critérios estabelecidos no Acordo de PLR foram aprovados pelos sindicatos e pelos empregados em assembleias conduzidas por esses sindicatos.
informações de o tempo

Nenhum comentário:

Postar um comentário