01/06/2016

Cruzeiro supera o Botafogo, vence a primeira no Brasileiro e deixa o Z-4

A torcida do Cruzeiro precisou esperar, mas na noite de ontem teve a primeira mostra do time titular considerado ideal do Cruzeiro em campo. Com Robinho, Bryan e Riascos entre os titulares pela primeira vez, a Raposa mostrou bom futebol por 45 minutos, tempo necessário para construir a vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, em Brasília pelo Brasileirão.
Paulo Bento, que assistiu ao jogo em um camarote no estádio Mané Garrincha, por cumprir suspensão após ser expulso diante do América, promoveu seis mudanças no time titular da Raposa. Lucas voltou para a lateral direita, Bruno Rodrigo formou dupla com Bruno Viana e Lucas Romero foi titular pela primeira vez com o comandante português.
Outros três jogadores, considerados titulares pela torcida, fizeram suas estreias desde o início. Robinho entrou no meio, Bryan na lateral esquerda e Riascos como centroavante.

Com boa atuação por 45 minutos, principalmente do seu meio de campo, o Cruzeiro chegou a primeira vitória no Brasileiro e aliviou a pressão pelo começo ruim na competição. Além disso, deixou a zona de rebaixamento.
Já no primeiro tempo, a Raposa passou a dominar o jogo, com Robinho aberto pela direita e Arrascaeta ajudando na criação das jogadas, o time cresceu de produção e passou a dominar a partida. A principal jogada do time acontecia pela esquerda, com Elber aproveitando a marcação falha do lateral-direito Diego.
Foi assim que saiu o gol celeste. Elber recebeu lançamento forte de Robinho, mas conseguiu o domínio e ganhou de dois marcadores na corrida. Dentro da área, chutou cruzado e a bola passou por debaixo das pernas do goleiro Helton Leite.
O domínio cruzeirense se manteve de forma incontestável. Aos 30 minutos, o Cruzeiro já havia finalizado oito vezes contra nenhuma do Botafogo. Elber foi o responsável por três destes chutes a gol, todos com perigo.
O segundo tempo começou com o Cruzeiro no ataque. Riascos teve a chance para ampliar o placar, mas livre, chutou para fora. Após o lance, o Botafogo acordou e resolveu tentar uma pressão. A defesa da Raposa passou a ter mais trabalho e mostrou mais uma vez problemas.
O auxiliar técnico Ricardo Peres promoveu mudanças para tentar arrumar o time, mas não surtiu efeito. Porém, após muita pressão, o Cruzeiro conseguiu a sua primeira vitória.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial