domingo, 21 de outubro de 2018
33 999929633
Política

07/10/2018 às 22h27

Redação

Jordânia / MG

Romeu Zema discursa em comitê em festa
O empresário, sem histórico político até então, recebeu mais de 4 milhões de votos (42,94%) e disputará o segundo turno das eleições
Romeu Zema discursa em comitê em festa
Foto reprodução

Por volta das 21h da noite deste domingo, o candidato do partido Novo, Romeu Zema, chegou a um hotel na região centro-sul de BH aclamado pelos militantes e eleitores. O empresário, sem histórico político até então, recebeu mais de 4 milhões de votos (42,94%) e disputará o segundo turno das eleições para o Governo de Minas contra o ex-governador mineiro Antonio Anastasia (PSDB) que teve 29,01% dos votos. Na capital mineira, até a apuração de 99,76% dos votos, o candidato do partido Novo também estava vencendo com 3,58% diante do concorrente do PSDB, Antonio Anastasia, que havia recebido 31,5% o votos.


Carregando bandeira de Minas Gerais, o candidato leu um discurso, ao contrário do que costuma fazer. “Geralmente eu faço de improviso, mas hoje, devido a relevância vou lê-lo para que nenhuma palavra fique mal colocada”, disse.


“Aceitei o desafio de me candidatar a governador de Minas porque estava cansado dos mesmos políticos cometendo os mesmos erros para votar a cada eleição com promessa de que tinham solução para os problemas que eles mesmos haviam criado. O Novo demonstrou que é possível outra forma de política sem dinheiro público, sem tempo de TV e sem conchavos e o resultado está aí. Minha votação neste domingo é a prova de que as pessoas estão cansadas dos políticos de sempre e estão prontas para o novo. O segundo turno servirá para mostrar que Minas romperá definitivamente com a velha política. Sobre o segundo turno da presidência, as pessoas já demonstraram que estão cansadas dos mesmos políticos e das mesmas promessas. O PT não será capaz de resolver os desafios da crise que eles mesmos causaram. Os primeiros dias de campanha serão de muito diálogo para construir uma solução responsável para o Brasil e para Minas Gerais”, disse.


Segundo Zema, ele recebeu os parabéns candidato à presidência João Amoêdo. “Deixei ele ciente que nós vamos trabalhar para manter intactos os ideais e valores do partido Novo que são grande diferencial. Não vamos partir para práticas antigas de conchavos que sempre caracterizaram a velha política. Vou assumir sem nenhuma promessa de cargo e isso em Minas Gerais nunca aconteceu. Ser o primeiro governador de Minas Gerais a assumir o cargo sem nunca ter sido político demonstra que a política está mudando e os políticos não acordaram. Estamos muito confiantes pela votação que tivemos hoje. O mineiro quer mudança”, projetou.



Perguntado sobre algumas questões econômicas, o candidato garantiu que em relação ao ICMS ele pretende “imediatamente simplificar a legislação que é a mais complexa do Brasil disparado”. O seu secretariado vai ser 100% escolhido com crivo profissional. E no médio e  longo prazos, Zema assumiu ser favorável à privatização da Cemig e da Copasa, por exemplo.


Mais cedo, o empresário e vice de Zema, Paulo Brant também comemorou o resultado. “A gente estava percebendo pelas andanças no interior e em BH que as pesquisas estavam sub avaliando a aceitação do partido. Eu devo confessar que esse número de 44% foi surpresa, mas estamos percebendo que o movimento da onda era muito grande. A gente recebe com muita serenidade esse resultado. Há uns 15 dias as pesquisas começaram a sinalizar e quando Romeu foi convidado participar de debate da Globo, tinha pouco tempo de TV, não estava participando de debate nenhum, e depois disso sinalizou que a coisa estava começando a virar. A gente não ganhou ainda, foi um resultado ótimo, mas ainda tem o segundo turno”, analisou.


O vice apontou três diferenciais para a arrancada de Romeu Zema. “A qualidade do nosso candidato que é guerreiro, a força das nossas ideias e o engajamento dos filiados e simpatizantes", resumiu.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium