domingo, 21 de outubro de 2018
33 999929633
Esportes

07/02/2018 às 20h16

/

Com jogo fora de casa contra Coxa, Parnahyba tem prejuízo de R$ 100 mil
Parnahyba é obrigado a jogar fora de casa no torneio por uso de sinalizadores e drone pela torcida. Clube esperava fazer renda contra Coritiba, mas contabiliza gastos: "Infelizmente vamos ter que jogar longe".
Com jogo fora de casa contra Coxa, Parnahyba tem prejuízo de R$ 100 mil
Presidente do Parnahyba, Batista Filho (Foto: Arthur Ribeiro/GloboEsporte.com)

Para a equipe do Parnahyba, a mudança do jogo contra o Coritiba, pela primeira fase da Copa do Brasil, do estádio Verdinho para o Albertão não foi nada favorável. Principalmente, quando se trata da questão financeira. O clube, que pensava em faturar uma boa grana com o jogo, vai ter prejuízo para cobrir os gastos com a vinda para Teresina. Por conta de um punição do STJD, devido ao uso de sinalizadores e de um drone na Copa do Brasil em 2016, o Tubarão não pôde jogar ao lado da torcida. Teve que vir à capital, uma viagem de 318km. O custo para bancar o time fora de casa é estimado em R$ 100 mil.


- O nosso prejuízo no total chega a 100 mil reais. Jogaríamos no Verdinho com uma renda de R$ 80 a R$ 100 mil. Não teremos mais essa renda. Para vir para cá, jogar no Albertão, tivemos que gastar com a logística de passar três dias em Teresina, gastando com hotel, alimentação, transporte, de tudo... - contabiliza o dirigente.


Mesmo enfrentando perrengues, Batista Filho, presidente do Paranhyba, prioriza o foco para o duelo mais esperado do Azulino. Uma classificação à segunda fase rende ao Parnahyba R$ 600 mil. Dinheiro que minimizaria os gastos com prejuízo da partida fora de casa.


- Mas é esquecer isso, vamos convidar o torcedor de Teresina, fazendo um apelo aos clubes que abracem essa ideia, em nome do esporte, para que possam deixar a rivalidade de lado, pois vamos representar o estado do Piauí - afirmou o presidente do Parnahyba, Batista Filho.


A prioridade pela partida dentro do clube é inquestionável. Para tentar superar o Coxa, o Parnahyba precisa quebrar um histórico negativo na Copa do Brasil. Em outras seis edições, foram eliminações em em 2004 (contra Nacional-AM), 2006 (contra ABC), 2007 (contra Náutico), 2013 (contra ABC), 2014 (contra Ceará) e 2016 (contra Portuguesa). Nunca o time piauiense passou de fase.


-A partida tem um peso maior. Vamos enfrentar uma grande equipe do cenário nacional pela Copa do Brasil. Esperamos por essa partida, infelizmente, vamos ter que jogar longe do nosso torcedor. Mas agora temos que focar no jogo. Isso nos atrapalhou demais, pois esperávamos jogar no Verdinho, onde treinamos para os jogos. Porém, não devemos usar essa mudança como desculpa. Viemos antes para dar tempo de fazer tudo, trabalhar, descansar e focar para o jogo. Vamos conversar com os atletas, pois a equipe na última partida teve inúmeras oportunidades de marcar gols e não fizeram. Vamos buscar corrigir isso – comentou o presidente.


Nos últimos dias, o treinador Sérgio China define junto com sua comissão técnica se irá ou não com a presença dos atletas Rian e Júnior Pindaré, que estão treinando de forma separada, mas que ainda podem pintar como opções para a partida. O jogo contra o Coritiba está marcado para a próxima quarta-feira, às 19h30 (horário de Brrasília), no estádio Albertão, em Teresina.

FONTE: Globo Esporte

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium