Após ser vítima de homofobia, Matheus Ribeiro processa radialista - Folha dos Vales

Ultimas

Post Top Ads

Rádio Divisa FM

Post Ads

19 de novembro de 2019

Após ser vítima de homofobia, Matheus Ribeiro processa radialista

Jornalista entrará na Justiça após ser alvo de ataques sórdidos

Matheus Ribeiro irá processar radialista (Imagem: Reprodução / Instagram)
Matheus Ribeiro, primeiro homossexual assumido a apresentar o Jornal Nacional, irá processar Luiz Gama, o radialista que disparou comentários homofóbicos sobre ele no Twitter.
Puts! Onde o Brasil vai parar? Queimar a rosca agora é moda. Um apresentador de telejornal de qualidade média virou a bola da vez no jornalismo nacional só porque revelou que sua rosquinha está à disposição. A qualidade profissional que se f…“, disse Gama.
Em outra publicação, Luiz ainda apoiou a decisão do presidente Jair Bolsonaro. “Jair Bolsonaro está corretíssimo em acabar com o registro na DRT e por acabar com a exigência de diploma para jornalistas. Afinal, tem uma fraquíssima em rede nacional só por causa da cor de pele, outro comunzão fazendo fama só porque avisou que queima a rosca“.
Em entrevista ao site F5, Maria Thereza Alencastro, advogada do jornalista, afirmou que medidas serão tomadas nas áreas cível e criminal. “Matheus, que tem visibilidade, por seus próprios méritos – diga-se de passagem, tem esta obrigação. Não para se proteger, já que a ele estes comentários não prejudicam, mas para proteger todos que não têm voz como ele. Estas pessoas, as homofóbicas, precisam de resposta à altura”, afirmou.
Enquanto corre o processo do jornalista contra o radialista, a BandNews Goiânia tratou de afastar, e em seguida demitir, o funcionário da emissora. “A diretoria da Rádio BandNews Goiânia afastou o narrador Luiz Gama, que fazia parte de seu quadro esportivo, após comentários que foram interpretados como de cunho racistas e homofóbicos“, disse em comunicado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Post Ads