Ad Home

Rádio Divisa FM

Famílias que vivem no Vale do Jequitinhonha recebem ajuda da LBV

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a pobreza extrema atinge 13,5 milhões de brasileiros. E uma das regiões que contém uma longa lista de carências no país é o Vale do Jequitinhonha, localizado no Estado de Minas Gerais/MG.
A localidade tem os menores índices de desenvolvimento do Estado, além de dispor a expectativa de vida, a taxa de escolaridade e a renda muito inferiores às médias nacionais.
Buscando amenizar essa situação a Legião da Boa Vontade (LBV), por meio da campanha Natal Permanente da LBV — Jesus, o Pão Nosso de cada dia!, distribuiu mais de 1500 cestas de alimento para as famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social.
As cidades contempladas foram: Almenara, Rubim, Jordânia, Bandeira, Rio do Prado, Palmópolis, Joaíma, Novo Cruzeiro, José Gonçalves de Minas, Jenipapo de Minas e Minas Novas.
Na ocasião, a secretária de assistência social da cidade de Rio Prado, Simone Ferraz, ressaltou a importância da campanha da LBV: “As famílias que foram atendidas pela LBV estão em situação de vulnerabilidade social, são famílias extremamente carentes que passam por muitas dificuldades. É triste demais saber que essas pessoas não têm alimentos, não tem formas de ganho. O município oferece pouco trabalho e a LBV não mede esforços e todo ano está empenhada para estar aqui. [Com o alimento em casa], o Natal [das famílias será] cheio de realizações, vai superar as expectativas”.

Solidariedade que resulta em sorrisos ♥

Jordânia, MG — Ao doar para a LBV, a sua contribuição ajuda a mudar a realidade de muitas famílias neste Natal. A você, o nosso muito obrigado! / Foto:Mônica Mendes

Os sorrisos emocionados, a gratidão genuína e a esperança no olhar estiveram presentes nos gestos das famílias atendidas pela campanha de Natal da LBV no Vale do Jequitinhonha.
Cíntia Silva Teixeira, da cidade de Rubim, foi contemplada com a cesta de alimentos e comentou que passou por dificuldades e, muitas vezes, não tinha o que dar para os filhos comerem: “A gente fala ‘espera um pouquinho’, mas é muito difícil pedir para a criança esperar. [Os adultos] esperam, aguentam firme. Mas para uma criança esperar, com vontade de comer, é muito ruim. É triste. É difícil, porque a gente vê a situação de outras crianças também e sente a mesma coisa. E não podemos fazer nada. [Nosso Natal] vai ser maravilhoso, agradecemos muito a cesta! ”.
Almenara, MG — O sorriso no rosto das famílias é a marca registrada da entrega das cestas de alimento./Foto:Mônica Mendes
Emocionada na hora da entrega das cestas de alimento, Maria de Lourdes Alves Ferreira, de Jordânia, ressaltou: “Vocês nem imaginam a importância [da cesta] na vida da gente. É uma alegria imensa. Sustenta a gente, sustenta a família. Só tenho que agradecer a Deus por essa obra de caridade. Obrigada! Feliz Natal [a todos os colaboradores]”.
Audenísia Cássia Gama, da cidade de Jordânia, ficou comovida ao receber o presente da LBV. Na oportunidade, ela destacou:  “Já passei muita dificuldade com meus filhos, passamos até fome. A criança pedir um pão, um café da manhã e não ter para dar, isso para uma mãe dói. Com a chegada da cesta já renova a esperança. [O Natal] vai ser bem melhor, muito feliz. Agradeço de coração! ”.
Já Maria D’ajuda Marques da Silva, também residente de Jordânia, foi beneficiada com a cesta de alimentos e, com sorriso no rosto, disse: “Às vezes eu tenho um feijão, mas falta a mistura. Quando tenho arroz e feijão, falta macarrão, falta verdura. É muito complicado. Eu agradeço a Deus que vou ter a alimentação na minha casa no Natal. Eu agradeço demais a todos vocês”.
Araçuaí, MG — Maria dos Anjos Mendes Santos, que participa do Vida Plena na unidade da LBV, ficou feliz ao receber a cesta de alimentos.

Carolino Pereira dos Santos, atendido pela LBV em Araçuaí, também fez o seu agradecimento genuíno: “A LBV não exclui ninguém, ela só ensina o bem. Agradeço muito ao José de Paiva Netto [diretor-presidente da LBV] que, mesmo sem conhecer pessoalmente, é um pai para mim. Ao ajudar a LBV, só tem a ganhar. As vezes não se vê materialmente, mas espiritualmente vocês vão ver. Muito obrigado [a todos os colaboradores]! ”.
Toda essa gratidão, dedicamos a você, amiga colaboradora e amigo colaborador, que contribuiu para que a Legião da Boa Vontade proporcionasse um Natal feliz e cheio de esperança a centenas de famílias que sofrem com a pobreza e a fome.  
Fonte:LBV

Nenhum comentário