Folha facebook
Jequitinhonha

Jovem é morto após furtar dinheiro de amigo no município de Jequitinhonha

Familiares estranharam o desaparecimento de Anderson e acionaram a polícia

16/09/2019 10h25
Por: Redação

Um jovem de 21 anos foi morto na noite de sábado (14/09/2019) no município de Jequitinhonha (MG). Anderson Chaves Pereira teria furtado dinheiro do suspeito em data pretérita e foi atingido por um tiro de espingarda após confirmar o crime.

Segundo o boletim de ocorrências, Anderson foi para a casa do suspeito na última segunda-feira (09/09) e teria pedido um cachorro emprestado para caçar durante a madrugada seguinte. O jovem resolveu deitar-se para descansar, quando foi questionado pelo anfitrião se ele teria furtado mais de R$ 2 mil dele. O jovem confirmou ter levado o dinheiro e disse que iria correr atrás para devolver. Disse ainda que passou parte da quantia para uma mulher que estaria se relacionado.

O suspeito, possuído por raiva, pegou uma espingarda chumbeira no galinheiro e novamente questionou Anderson se ele realmente foi o autor do furto. O jovem confirmou e, logo em seguida, foi alvejado por um disparo na cabeça.

Familiares estranharam o desaparecimento de Anderson e acionaram a polícia, que foi até a casa do suspeito e, depois de muita conversa, descobriram que após morto, o corpo de Anderson foi enrolado em um colchão e enterrado no quintal da residência.

Na tentativa de acabar com provas do crime, o suspeito pintou as paredes da casa para tampar os vestígios de sangue.

A arma usada no crime, além da arma de caça da vítima, e munições foram encontradas enterradas numa plantação de mandioca no quintal da casa.

O suspeito foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Almenara. O caso será investigado.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários