Anúncio
Estado de Saúde

Vítimas de ataque em escola de Caraí não correm risco de vida, diz polícia

Um dos adolescentes precisou ser submetido a uma transfusão sanguínea e, nas próximas horas, será transferido a Teófilo Otoni

07/11/2019 14h11
Por: Redação
Adolescentes de 16 e 17 anos estão internados em um hospital de Padre Paraíso Foto: Reprodução/Facebook
Adolescentes de 16 e 17 anos estão internados em um hospital de Padre Paraíso Foto: Reprodução/Facebook

Internados às pressas no Hospital Nossa Senhora Mãe da Igreja, em Padre Paraíso, no Vale do Jequitinhonha, os dois estudantes – de 16 e 17 anos – atingidos por tiros disparados por um colega, na Escola Estadual Orlando Tavares, em um distrito de Caraí, na manhã desta quinta-feira (7), não correm risco de vida. 

"Um deles tentou ajudar a professora a fechar a porta da sala (quando o atirador tentou entrar), o suspeito disparou e o tiro transfixou a porta e, infelizmente, acabou acertando este aluno no pescoço. O outro também foi alvejado, no braço. Os dois foram socorrido rapidamente e, por isso, não têm risco de morrer", explica o tenente coronel Fábio Marinho dos Santos, da Polícia Militar, à frente da ocorrência. 

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários