Responsive Ad Slot

POPI - Polícia de Proteção Integral a Criança e ao Adolescente

Nenhum comentário

quinta-feira, 4 de julho de 2013

A Polícia de Proteção Integral à Criança e ao Adolescente (POPI) surgiu com o objetivo precípuo de ser um elo entre os públicos escolares das redes estadual e municipal de ensino público com a Polícia Militar de Minas Gerais, mais especificamente com a Décima Quinta Região de Polícia Militar, responsável pelo policiamento em todo o nordeste do Estado de Minas Gerais.
        Tem como público alvo estudantes, crianças e adolescentes, na faixa etária de seis a quatorze anos completos, do 1º ao 9º ano do ensino fundamental, que estejam regularmente matriculados na rede de ensino público estadual ou municipal e tendo como alicerce a filosofia de Polícia Comunitária, a partir dos desdobramentos dos seguintes procedimentos: POPI Atendimento de Ocorrência, POPI Prevenção e Educação e POPI Cidadania.
        O medo que era uma constante no corpo docente e discente em todos os estabelecimentos educacionais, em decorrência de ameaça, furto, estupro, homicídio, tráfico de drogas e roubo; deu lugar à sensação de segurança entre todos os integrante das escolas com a presença policial junta das crianças e dos adolescentes, proporcionando o pleno exercício da atividade escolar.
        O projeto adota práticas simples como reuniões mensais com professores e diretores, a criação de um colegiado de representantes das escolas para discussão, identificação, análise, ação e avaliação das demandas da violência escolar, para o estabelecimento de procedimentos preventivos e repressivos para sua neutralização e ainda a realização de palestras, concurso de redação entre outros programas voltados para a prevenção.
 

        É desenvolvido através da realização do curso POPI pelo ?PM POPI? durante cinco dias, sendo duas horas/aula dia com exposição de cinco palestras com temas voltados para educação e cidadania em todos os educandários:
- Através de reuniões mensais com as diretoras dos educandários para avaliação dos serviços de segurança pública executados pelo POPI.
 - Diariamente os ?PM POPI? realizarão patrulhamento no interior e nas adjacências de todos os educandários atendendo todas as ocorrências envolvendo crianças e adolescentes;
- Diariamente acompanharão a evasão escolar dos alunos oriundos da zona rural e constatado tal atividade deverá notificar a direção do educandário, e se for o caso, o Conselho Tutelar e Ministério Público;

-Manterão cadastro dos alunos contumazes infratores da lei e dentro da possibilidade provocarão reunião com pais e/ou responsáveis, sem prejuízo para outras providências legais necessárias;
-Estreitará contato com representantes do Conselho Tutelar, Ministério Público, Polícia Civil para conhecimento, padronização de providências dos serviços de segurança pública prestados pelo POPI;

Fonte: Polícia Militar

Mesorregião do Jequitinhonha

Nenhum comentário

terça-feira, 2 de abril de 2013

A mesorregião do Jequitinhonha ou vale do Jequitinhonha é uma das doze mesorregiões do estado brasileiro de Minas Gerais. É formada pela união de 51 municípios agrupados em cinco microrregiões.
O Vale do Jequitinhonha está situado no norte do estado. É uma região amplamente conhecida devido aos seus baixos indicadores sociais e também ao norte é conhecida por ter caracteristicas do sertão nordestino. Por outro lado, é detentora de exuberante beleza natural e de riqueza cultural, com traços sobreviventes da cultura indígena e da cultura negra.
A região, que inicialmente pertenceu à Bahia (até o final do século XVIII), foi incorporada ao estado de Minas Gerais, após a descoberta de diamantes no tijuco (região de Diamantina).

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Dia Internacional da Mulher

Nenhum comentário

sexta-feira, 8 de março de 2013

O Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março, tem como origem as manifestações das mulheres russas por melhores condições de vida e trabalho e contra a entrada da Rússia czarista na Primeira Guerra Mundial. Essas manifestações marcaram o início da Revolução de 1917. Entretanto a ideia de celebrar um dia da mulher já havia surgido desde os primeiros anos do século XX, nos Estados Unidos e na Europa, no contexto das lutas de mulheres por melhores condições de vida e trabalho, bem como pelo direito de voto.

No Ocidente, o Dia Internacional da Mulher foi comemorado no início do século, até a década de 1920.
Na antiga União Soviética, durante o stalinismo, o Dia Internacional da Mulher tornou-se elemento de propaganda partidária.

Nos países ocidentais, a data foi esquecida por longo tempo e somente recuperada pelo movimento feminista, já na década de 1960. Na atualidade, a celebração do Dia Internacional da Mulher perdeu parcialmente o seu sentido original, adquirindo um caráter festivo e comercial. Nessa data, os empregadores, sem certamente pretender evocar o espírito das operárias grevistas do 8 de março de 1917, costumam distribuir rosas vermelhas ou pequenos mimos entre suas empregadas.
Em 1975, foi designado pela ONU como o Ano Internacional da Mulher e, em dezembro de 1977, o Dia Internacional da Mulher foi adotado pelas Nações Unidas, para lembrar as conquistas sociais, políticas e económicas das mulheres


 wikipedia.

Carnaval e História do Carnaval

Nenhum comentário

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

O que é 
O carnaval é considerado uma das festas populares mais animadas e representativas do mundo. Tem sua origem no entrudo português, onde, no passado, as pessoas jogavam uma nas outras, água, ovos e farinha. O entrudo acontecia num período anterior a quaresma e, portanto, tinha um significado ligado à liberdade. Este sentido permanece até os dias de hoje no Carnaval.

História do Carnaval 
O entrudo chegou ao Brasil por volta do século XVII e foi influenciado pelas festas carnavalescas que aconteciam na Europa. Em países como Itália e França, o carnaval ocorria em formas de desfiles urbanos, onde os carnavalescos usavam máscaras e fantasias. Personagens como a colombina, o pierrô e o Rei Momo também foram incorporados ao carnaval brasileiro, embora sejam de origem européia.
No Brasil, no final do século XIX, começam a aparecer os primeiros blocos carnavalescos, cordões e os famosos "corsos". Estes últimos, tornaram-se mais populares no começo dos séculos XX. As pessoas se fantasiavam, decoravam seus carros e, em grupos, desfilavam pelas ruas das cidades. Está ai a origem dos carros alegóricos, típicos das escolas de samba atuais.
No século XX, o carnaval foi crescendo e tornando-se cada vez mais uma festa popular. Esse crescimento ocorreu com a ajuda das marchinhas carnavalescas. As músicas deixavam o carnaval cada vez mais animado.
A primeira escola de samba surgiu no Rio de Janeiro e chamava-se Deixa Falar. Foi criada pelo sambista carioca chamado Ismael Silva. Anos mais tarde a Deixa Falar transformou-se na escola de samba Estácio de Sá. A partir dai o carnaval de rua começa a ganhar um novo formato. Começam a surgir novas escolas de samba no Rio de Janeiro e em São Paulo. Organizadas em Ligas de Escolas de Samba, começam os primeiros campeonatos para verificar qual escola de samba era mais bonita e animada.

O carnaval de rua manteve suas tradições originais na região Nordeste do Brasil. Em cidades como Recife e Olinda, as pessoas saem as ruas durante o carnaval no ritmo do frevo e do maracatu. 
Os desfiles de bonecos gigantes, em Recife, são uma das principais atrações desta cidade durante o carnaval.
Na cidade de Salvador, existem os trios elétricos, embalados por músicas dançantes de cantores e grupos típicos da região. Na cidade destacam-se também os blocos negros como o Olodum e o Ileyaê, além dos blocos de rua e do Afoxé Filhos de Gandhi.

Escolas de Samba Vencedoras nos Últimos Carnavais no Rio de Janeiro :
1998 - Mangueira e Beija-Flor
1999 - Imperatriz Leopoldinese
2000 - Imperatriz Leopoldinese
2001 - Imperatriz Leopoldinese
2002 - Mangueira
2003 - Beija-Flor
2004 - Beija Flor
2005 - Beija-Flor
2006 - Unidos de Vila Isabel
2007 - Beija-Flor
2008 - Beija-Flor
2009 - Acadêmicos do Salgueiro
2010 - Unidos da Tijuca
2011 - Beija-Flor
2012 - Unidos da Tijuca

Escolas de Samba Vencedoras nos Últimos Carnavais em São Paulo:
1998 - Vai-Vai
1999 - Vai-Vai, Gaviões da Fiel
2000 - Vai-Vai, X-9 Paulistana
2001 - Vai-Vai, Nenê de Vila Matilde
2002 - Gaviões da Fiel
2003 - Gaviões da Fiel
2004 - Mocidade Alegre
2005 - Império de Casa Verde
2006 - Império de Casa Verde
2007 - Mocidade Alegre
2008 - Vai-Vai
2009 - Mocidade Alegre
2010 - Rosas de Ouro
2011 - Vai-Vai
2012 - Mocidade Alegre

Sobre o Portal Jordânia | Página de notícias de Jordânia

Nenhum comentário

sábado, 14 de julho de 2012

Criado no dia 25 de outubro de 2011, o site portal jordânia veio com a intensão de divulgar mais recentes acontecimentos da nossa cidade, sempre apoiando eventos da cidade o portal traz todas às noticias através da nossa cobertura de eventos, matérias e muito mais, nossa principal força vem do apoio do comercio local, que sempre apoiá às atividades do site, hoje o site conta com quatro colaboradores divulgando diariamente noticias sobre diversos conteúdos, como jogos, revistas, noticias do vale do jequintinonha é outros assuntos ligados a comunidade jordanense, o contrato de serviço do site vai ate o dia 25 de outubro, dia de renovação de contrato para mais um ano divulgando às noticias de jordânia.



pagina do portal jordânia 2012






Camisa do site 2012
Camisa do portal jordânia 2012
Em 2013 o site mostra o seu novo modelo, feito de uma forma para abranger o vale do jequi juntando notícias e melhor informando quem acessa o site.

Um jeito novo sempre foi a inovação do portal nas redes sociais, sempre quem acesse nas redes fica sabendo de tudo sem precisar se preocupar pois o site conta com um sistema que permite assim que a notícia for divulgada no site todos das redes sociais tanto twitter como facebook logo fica sabendo.

Portal Jordânia - 2013
Pouco mais de apenas um mês com a nova pagina no ar, o site modificou outra vez sendo por conta de alguns motivos que levava o a fazer essa mudança, uma delas seria o tempo de carregamento da página que estava demorando muito a ser carregado pelos usuários o que levou a equipe do site a trocar novamente o modelo do site.

Jordânia - Minas Gerais

Nenhum comentário

domingo, 8 de julho de 2012

Jordânia é um município brasileiro do estado de Minas Gerais.

Localiza-se a uma latitude 15º54'01" sul e a uma longitude 40º10'41" oeste, estando a uma altitude de 198 metros. Sua população estimada em 2004 era de 10.040 habitantes. Possui uma área de 551,74 km². Origem:
Wikipédia, a enciclopédia livre.



HISTÓRIA - JORDÂNIA
Em 1933, Manuel Lima descobriu ter registrado um terreno as margens direita do córrego ribeirão, pertencente ao distrito de Salto Grande, município do Jequitinhonha terreno esse doado por Martinho Fernandes da Silva (Capitão), Jesuíno Craquimó de dona Maria Craquimó a Nossa Senhora do Desterro para a fundação de um comércio.
A notícia desse acontecimento ocorreu rapidamente e logo chegaram ao local os primeiros moradores, onde já se encontravam Justino Silva, Manuel Paulino de Freitas, também conhecido por "Neca" , Lídio Figueiredo, Eliziário, João Silva, "Péu".
Em Ribeirão do Salto, povoado, situado a margem esquerda do rio, na Bahia, chegou Elpídio Coelho dos Santos, á frente de um grupo. Estão também entre os primeiros habitantes do povoado: Clemente Dingo, José Urussu, José Evangelista Pessoa, Antônio Batista de Souza, Antônio Moreira dos Santos, Esmeraldo Pinto, João Ribeiro de Farias, Dona Bonifácia, Odilon Torres e José Joaquim.
Estas famílias enfrentaram muitas dificuldades, pois não haviam escolas, estradas, hospitais, etc.
Ao realizar-se a primeira feira o povoado consolidou-se e recebeu o nome de Palestina, mais tarde tornou-se vila, passando assim ter uma situação melhor.
O centro administrativo político era o Jacinto.
Em 1938, o povoado de Palestina foi elevada a categoria de Distrito de Paz. Subordinado ao Município de Vigia (atual Almenara).
Em 1939, foi instalado a o cartório de paz, para o qual foi nomeado o Sr. Generoso Alves da Silva.
Em 1943, o nome de Palestina Mineira foi trocado por Jordânia, e na visão administrativa de 1948, foi criado o município de Jordânia para o qual o Dr. Aroldo Gomes Vilaça foi nomeado intendente (como se fosse prefeito).
Na eleição de 1949 em ambiente de entusiasmo, interesse e vibração cívica, os senhores Adolfo Xavier Gomes e Juvêncio Pinheiro de Azevedo, foram eleitos, respectivamente prefeitos e vice prefeito do município.
O primeiro médico a chegar em nosso município foi o senhor Doutor João Oliveira Alves.
A agricultura foi a primeira a ser desenvolvida, o  comércio de gado começou a ser o poderio econômico da região.
Em 27 de dezembro de 1948 Jordânia se emancipou e foi elevada a categoria de cidade.
O primeiro prefeito de Jordânia foi o Sr. Adolfo Xavier Gomes.

HISTÓRIA DOS BAIRROS DA CIDADE:

1 - BAIRRO BEIRA RIO
Primeiro bairro surgido, dizem que a cidade de Jordânia se iniciou por aquele bairro. A primeira residência a ser construída foi feita pelo Sr. Lídio Figueiredo, conhecida pela casa de seu Gulino, na antiga rua do Gavião, em homenagem ao seu construtor.
Contam também que existia um enorme gavião feito de massa de cimento, em cima dessa casa, o qual vinham muitos curiosos para verem.
Hoje em dia esse bairro é conhecido como bairro Beira Rio, por suas casas serem as margens do rio, os moradores desse bairro sofrem muito com as enchentes.

2 - BAIRRO DA SAUDADE
-Depois do bairro Beira Rio, o próximo a ser surgido foi o bairro da Saudade, surgiu assim que Jordânia foi emancipada por volta de 1949, assim conta o Sr Jonas Almeida de Carvalho, conhecido por seu Jonas Fiscal.
Esse bairro surgiu na gestão do primeiro prefeito o Sr. Adolfo Xavier, o terreno foi doado pela igreja Católica de Jordânia, ás pessoas carentes desta Cidade.
Houve muitas invasões, por isso foi feita uma ocupação desordenada, com ruas tortas , fora do alinhamento.
Recebeu o nome de Rola Pote, porque conta uma da moradoras mais antiga de lá a Sra. Juliana Almeida Silva, e dona Delinda Maria Mendes (rezadeira famosa) que certa vez uma mulher ia levando um pote com água, quando chegou lá em cima o pote caiu, e veio rolando e só se quebrou lá em baixo, só depois que veio a se chamar bairro da Saudade, pois é onde se localiza o cemitério local.

3 - BAIRRO NOVO ACORDO
O nome originou-se de uma discussão entre os seus donos que eram o Sr. Napoleão Freitas "Seu Napo" e João Anastácio Filho "seu Jacó".
O Senhor João Anastácio Filho queria por o seu nome em uma das ruas, porém o seu Napoleão Freitas não aceitou e começou o conflito entre os dois, vindo depois a prevalecer a vontade do Senhor Napoleão.
O Senhor Jacó teve que se conformar para que não criasse maiores problemas, depois de muito tempo veio a se chamar Novo Acordo, por causa de um acordo de ambas as partes.
É um bairro simples, de poucas ruas e gente boa e simples.

4 - BAIRRO SÃO CAETANO
O bairro São Caetano era um mangueirão de propriedade do Sr. Emeresiano Figueiredo, conhecido como "Preto Figueiredo" e uma pequena parte pertencente ao Sr. João Gomes, a maior parte desse terreno foi comprado pelo Sr. Napoleão Freitas,  depois o mesmo o loteou e vendeu.
A primeira rua a se formar foi a Justiniano Figueiredo em 1964.
O nome São Caetano se deu de um namoro que o Sr. Napo tinha com uma moça que morava em Itabuna, em um bairro chamado São Caetano.

5 - BAIRRO NOVA JERUSALÉM
Antes de ser loteado era um terreno pertencente ao Sr. Britoildes Gusmão Brito "Seu Britinho", esse terreno ficava visinho do Bairro Guanabara, o Sr. Britinho vendeu aos senhores Geovane Figueiredo "Nenguinha" e Jurandir Figueiredo, ambos irmãos.   É um bairro novo criado na gestão do prefeito Laudelino Flaviano Pimentel Leal "Dr. Leal" entre os anos de 1977 e 1982.

6- BAIRRO MARACANÃ
Era um grande mangueirão, onde as pessoas soltavam seus animais, o proprietário era o Sr. Emiliano Soares, vindo depois a pertencer aos senhor Manoel Zeferino Trindade "Seu Né" ,só depois que o Sr. Napoleão comprou e loteou.
Esse bairro surgiu graças ao candidato a prefeito Valdívio Pereira que prometia se eleito e transferir a zona boêmia da cidade ora instalada no centro da cidade para esse bairro. O Maracanã surgiu em 1967, o morador mais antigo de lá era o senhor Sarapião.. O primeiro nome dado a essa bairro foi "Piolho" vindo mais tarde a se chamar Maracanã.

7 - BAIRRO GUANABARA
Esse bairro surgiu com a compra de um terreno pertencente ao senhor Britoildes Gusmão Brito, é o maior bairro de Jordânia, e também o mais populoso.
Recebeu esse nome de Guanabara, porque naquela época o pessoal ouvia muito rádio, e se falava no estado da Guanabara que foi desmembrado do Rio de Janeiro e também da Bahia de Guanabara.

8 - BAIRRO CENTRO
Geralmente é no bairro central que as pessoas vivem com mais conforto, procuram arrumar bem as suas casas, tem serviços de saneamento, elétrico entre outros. É no centro que encontramos bancos, escolas, lojas, hotéis, restaurantes, churrascarias, supermercados, hospitais, praças etc.
O Centro de nossa cidade não é diferente das outras pequenas cidades do interior, basicamente o marco Zero de nossa cidade é a Praça Otelino Sol, ponto de encontro e de concentração de pessoas.

9 - BAIRRO LAGOINHA
Antiga Fazendinha do Sr. Marcos Freitas, esse bairro foi loteado por ele e hoje esta totalmente carente de infra estrutura básica,. devido a sua altitude serve como um mirante para ver a nossa cidade. 


Mais
© Folha dos Vales - 2017 - 2021
Todos os direitos reservados.